A vida depois da guerra: A reintrodução de ex-militares a sociedade.

July 21, 2018

          É comum vermos em filmes de Hollywood soldados que voltam da guerra, enfrentando problemas de adaptação, em muitos casos são problemas psicológicos causados por traumas sofridos durante seus diversos turnos no oriente médio.Porém estas particularidades não afetam apenas soldados que lutam em guerras declaradas, afetam também soldados que lutam em guerras não declaradas, um grande exemplo disso está nos policias militares do estado do rio de janeiro,responsáveis diretos por confrontar a marginalidade e a repressão as drogas , que livram a sociedade dos diversos criminosos..

            Pode não parecer mas muitos policiais desenvolvem os mesmos sintomas dos soldados americanos que lutam em guerras e voltam para casa, o problema começa com noites mal dormidas, estímulos intensos do sistema simpático, o estado de alerta constante é capaz de transformar quimicamente partes do cérebro e causar mudanças em sentidos bastante primitivos como medo e alerta, alem de aumentar os níveis de cortisol ( Hormônio do "estresse") a níveis considerados perigosos para a saúde mental, muitos desenvolvem pressão alta e diabetes.Isto acontece por conta de suas rotinas de trabalho, expostos ao perigo de serem mortos , trocas de tiro constantes em operações, que afetam também seus tímpanos, por conta do som alto de suas armas, isto gera em largo prazo problemas como labirintite e em casos mais graves a surdez parcial, todos estes sintomas são capazes de criar o que entre os americanos ficou conhecido como "PTSD"(conhecido como "estresse pós traumático), isso demonstra o quão grave e feroz é a guerra não declarada contra o tráfico de drogas em cidades brasileiras.

 

O lado Social:

 

           Deste lado temos outro problema bastante grave ao policial,ao sair da corporação estes militares tanto praças quanto oficiais encontram grandes dificuldades em serem integrados a sociedade, suas conquistas e realizações no ramo militar não são aproveitadas no lado civil da sociedade, depois de  muitos anos na corporação,não conseguem se encaixar a vida de escritório,e muitos chegam a sentir uma certa "saudade" das épocas de combate, achando a monotonia da vida civil algo verdadeiramente chato.A solução para este problema estaria em uma verdadeira grande articulação das instituições militares com as instituições privadas, e até mesmo com as universidades, que teriam como principal atividade ajudar estes policias e militares a se capacitarem e a serem integrados ao mercado de trabalho. Outro fator importante está no encaminhamento deste policias a ajuda psicológica e médica, o que necessita de grandes investimentos por parte do estado, em especial nos hospitais militares, que contam com médicos abnegados, porém com uma estrutura decadente e deficiente, abandonada pelo poder publico.

          Enquanto não houver um grande trabalho de conscientização da sociedade civil sobre a importância deste militares em nossa sociedade, continuaremos a ver a imagem de nossas policias jogada as traças, quebrar os paradigmas de "Policia corrupta e policias corruptores" , "Policia repressiva e punitiva" é essencial para que a sociedade enxergue que por trás de toda farda cinza, azul, preta,branca ou verde-oliva, existem seres humanos abnegados dispostos a enfrentarem a pior parte da sociedade para garantir o sono de civis a noite e a ordem social.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Galeria de Herois se reúne com o Gabinete de Intervenção Federal.

April 19, 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square